R116 | Ensaio Sobre os Móveis-Memória

  • Projeto de Graduação de Curso de Felipe de Carvalho Madeira
    Orientado por Jeanine Geammal
    Décimo período de Projeto de Produto - UFRJ

    Finalista Prêmio Salão Design 2017 - Categoria Estudante - Espaço Social
  • R116 trata-se de um ensaio de mobiliário que visa chamar atenção para as relações sujeito-objeto, produzido sob a ótica do design artesanal, nicho que possui expressiva atuação no mercado brasileiro de design.

    A “memória” é o tema que direciona este projeto e sua realização foi assistida por uma metodologia que utilizou registros de uma viagem com amigos como insumo para produção conceitual e formal, que foi realizada durante o primeiro semestre de 2016 de forma experimental,  em uma das oficinas da Universidade Federal do Rio de Janeiro, com a ajuda dos técnicos e maquinários de marcenaria tradicional.

    O resultado é um mobiliário contemporâneo interativo autoral que busca evidenciar os aspectos vivos e memoriosos dos objetos e as relações que estabelecem ao longo de toda a sua existência. Seja através da escolha de materiais para a constituição do objeto, seja através das transformações sofridas durante sua produção, seja através das experiências vividas pelos projetistas e executores do objeto, seja com as pessoas que irão utilizá-lo.      
        

  • Alguns dos elementos utilizados para evocar a memória do objeto neste projeto são:

    Escolha de materiais - A evidenciação do caráter vivo e memorioso do objeto também pode ser assistido através de seus materias. No caso a madeira e o aço manifestam sua existência e vivacidade através de interações com o meio. A primeira através de rachaduras, variações de pigmentação, envelhecendo proporcionalmente ao seu tempo de vida, e o metal a partir de sua oxidação, garantindo novas características materiais e estéticas ao objeto.

    Andaimes - Os pés são inspirados em andaimes, escolha determinada por dois aspectos: reforçar a metáfora de construção da memória e homenagear, indiretamente, a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da UFRJ, onde tive a oportunidade de trabalhar como monitor da Oficina de Maquetes.

    QR Codes - QR Codes cortados à laser em chapas de aço carbono conterão um vídeo/ performance mostrando o móvel em seu curso de produção, retratando experiências, processos e pessoas com as quais aquele objeto dividiu seus momentos pré-venda, trazendo à tona a memória do móvel,

    Chanfro - Acredito que este acabamento, além de estar em evidência na produção contemporânea de móveis brasileiros, dialoga com objetos que possuem aura de tempo, principalmente os do campo da joalheria; os bizotos (cortes angulados) executados durante a lapidação de gemas e cristais eram reproduzidos em caixas e móveis responsáveis pelo armazenamento. Acredito que o chanfro carregue com sigo essa aura de tempo desses objetos.



  • PROCESSO DE CONCEPÇÃO  (vídeo do QR-Code)
  • Direção: Gaspar Cohen
    Filmagem: Gaspar Cohen
    Trilha Sonora: Rodrigo Bento - Manhã

  • EXPOSIÇÃO DE DESIGN
  • Fotos: Renan Salotto